Heinecken x Champions League

heineken_ignite_images_0015_16

 

 

A última estratégia publicitária da marca de cervejas Heinecken deu o que falar: No final da Champions League (17/05), a marca promoveu uma promoção de 50% de desconto nos sapatos vendidos em algumas das lojas da rede Shoestock, possibilitando então que os maridos das mulheres, que estariam se divertindo nas lojas, pudessem se divertir assistindo ao jogo de futebol. A campanha foi o assunto mais comentado no twitter gerando comentários positivos e também comentários negativos relacionados à marca de cervejas. 

 A revendedora da cerveja Talita Noguchi declarou: “Como dona de um bar que vende uma quantidade além de razoável de Heinekens por mês me sinto aviltada quando vejo um comercial desse, que entre outras coisas passa a ideia que a mulher é uma consumista insana que não tem mais o que fazer a não ser atrapalhar seu macho. Meu público é mais politizado, sendo uma parte considerável constituída por mulheres. Eu me sinto envergonhada de continuar trabalhando com a marca, o que me faz agora ter que buscar uma alternativa a ela.” Acreditando que a campanha foi extremamente machista o que a levou a tomar tal atitude. 

 No entanto houveram também aquelas que não se sentiram ofendidas, como foi o caso de Julia Reis, sommelier, cervejeira caseira e sócia da Sinnatrah Cervejaria Escola: “Temos que entender o publico alvo da campanha. Claramente são os caras. Então tudo bem fazer uma piadinha com esses estigmas. Se o público-alvo fosse só as mulheres aí eu acho que seria outro caminho a ser usado. Nossa missão como mulher e como cervejeira quebrar esses mitos e estigmas, isso eu concordo. Mas eu tenho reações piores com propagandas chamando modelos de biquini de ‘essa é a gostosa’ e coisas do tipo”

 Afirmando ser uma brincadeira, a marca responde aos comentários da seguinte maneira:“A Heineken patrocina a Liga dos Campeões da Europa há mais de uma década e, a cada ano, cria campanhas inusitadas de engajamento com seus consumidores. A intenção da Heineken com a campanha ‘Shoe Sale’ é divulgar a grande final da UEFA Champions League de maneira bem humorada, fazendo analogia a situações corriqueiras no relacionamento de alguns casais. A marca não tem a intenção de reforçar estereótipos ou causar qualquer desconforto ou constrangimento. A Heineken reitera o respeito por todos os seus consumidores”.

 Alguns dos tweets das consumidoras da marca e mulheres enraivecidas com a campanha foram: “Eu só andava bebendo #Heinecken nos últimos tempos, mas aparentemente esses putos querem que eu vá comprar sapatos ao em vez de cerveja” da @venturieta, ou o comentário da @subversiva dizendo: “Dá para gostar de sapato e futebol ou tem que assistir descalça #Heinecken?”

 Como mulher não me senti ofendida, se fosse me ofender com todas as piadas ou propagandas sexistas não sobraria uma. Concordo com o discurso da Sommelier, Julia Reis: A propaganda deve agradar o público alvo, no caso desta, seu público era os homens: A todos que perguntei a respeito do tema, acharam cabível o briefing da campanha, eles já tem esta ideia pré-moldada de que mulheres gostam de sapatos se não fosse verdade que muitas de nós mulheres, gostamos, a promoção não teria funcionado e repercutido como aconteceu. A propaganda cria e recria estereótipos o tempo todo para acentuar a mensagem que deve passar.

 

 Assista o vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=3AeZePIKAxg

 

 Fonte: http://saltoalto.blogosfera.uol.com.br/2014/05/22/heineken-e-acusada-de-machismo-por-causa-de-campanha-na-liga-dos-campeoes/

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s