A mídia somos nozes

Image

 

 

segundo o texto do blog e-code ( http://ecode.messa.com.br/2009/10/midia-somos-nozes.html ) de Eric Messa, hoje em dia somo muito menos dependentes das mídias de massa para nos mantermos informados. Utilizamos hoje ferramentas como as redes sociais, quais nos apropriamos delas de tal forma que viraram redes de serviços úteis para propagar informações.

 Um dos exemplos que ele nos dá é que Quem anunciou a queda do Airbus A320 no rio Hudson em Nova York não foi um veículo de massa, mas o usuário do Twitter @jkrums.

 Portanto, conclui-se daqui que todos nós usuários podemos ser veículos de mídia. Tanto digitalmente quanto fisicamente. A moda já sabia disso, diz Messa. Pregando suas etiquetas faz com que o usuário faça a publicidade pela marca, sem ter o controle de que maneira será a mesma. Isso pode ter os dois lados da moeda, pois ao mesmo tempo que podem falar de uma maneira positiva de você, podem falar negativamente. Porém, como vimos no texto anterior do “Blogando” Qualquer forma de exposição é bem vinda, e sabendo que haverá uma parcela positiva também.

 E por fim no texto vimos que o que importa não é o número de seguidores no twitter, e sim a qualidade de alguns. Exatamente por este fator citado acima. Relacionar sua “marca” com os maiores influenciadores possíveis

 

 

As arveres Somos Nozes:

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s